O


 

Oh! Quão cego eu andei


OH! QUÃO CEGO EU ANDEI

OH! QUÃO CEGO EU ANDEI E PERDIDO VAGUEI
LONGE, LONGE DO MEU SALVADOR!
MAS DO CÉU ELE DESCEU, E SEU SANGUE VERTEU
PRA SALVAR UM TÃO POBRE PECADOR.

FOI NA CRUZ, FOI NA CRUZ, ONDE UM DIA EU VI
MEU PECADO CASTIGADO EM JESUS;
FOI ALI, PELA FÉ, QUE MEUS OLHOS ABRI,
E AGORA ME ALEGRO EM SUA LUZ.

EU OUVIA FALAR DESSA GRAÇA SEM PAR,
QUE DO CÉU TROUXE NOSSO JESUS;
MAS EU SURDO ME FIZ, CONVERTER-ME NÃO QUIS
AO SENHOR QUE POR MIM MORREU NA CRUZ

MAS UM DIA SENTI MEUS PECADOS, E VI
SOBRE MIM O CASTIGO DA LEI
MAS DEPRESSA FUGI
EM JESUS ME ESCONDI
E ABRIGO SEGURO NELE ACHEI.

VOLTAR